Atualmente está em:

G.U.M Portugal

Para encontrar um revendedor, selecione seu país e idioma. Será redirecionado para o site do seu país.

  • Reino Unido
  • Bélgica
  • Alemanha
  • Dinamarca
  • Espanha
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Itália
  • Países Baixos
  • Polônia
  • Portugal
  • Suécia
Fita azul diabetes nas mãos de um adulto e uma criança

Seu filho tem diabetes?

Siga estas 7 dicas para apoiá-lo.

O papel dos pais na vida de uma criança com diabetes é fundamental para que o pequeno alcance, pouco a pouco, a independência e autonomia adequadas para sua idade. No início, será necessário acompanhá-lo em todas as suas rotinas e explicar o que fazer em cada situação. Depois de algum tempo, ficará surpreso ao ver o quão maduro o seu filho (ou filha) se tornou para viver normalmente com a diabetes.

No entanto, o apoio dos pais será sempre um pilar fundamental na vida dos seus filhos. E para estar sempre por ao corrente das coisas, aconselhamos que siga estas sete dicas:

1. Mantenha uma atitude positiva

Manter uma atitude positiva em relação à diabetes vai capacitar os seus filhos a lidar melhor com a sua situação, não se deixando afetar por momentos mais difíceis.

2. Rodeie-se de uma boa equipa médica

Encontre uma equipa médica com a qual se sinta confortável e estabeleça uma relação de confiança com eles. Assim, vai sentir-se mais confiante para contactá-los sempre que tiver dúvidas.

3. Tome as precauções necessárias quando sair da sua rotina habitual

Quando for de viagem, faça uma lista de tudo o que deve levar consigo para dar suporte ao seu filho com diabetes. Antecipe qualquer situação que possa surgir para que possa lidar com ela de forma tranquila.

4. Mudar a dieta de toda a família

Modifique a dieta de toda a família para que o seu filho se sinta confortável e não veja que a sua rotina é diferente da dos outros.

5. Visite o dentista regularmente

As visitas ao dentista também podem revelar um mau controlo da glicemia e, portanto, o mau controlo do diabetes. O dentista também lhe dará dicas de como cuidar da boca do seu filho para que a diabetes não prejudique a sua saúde oral.

6. Tenha um plano para todas as situações de risco

Seja claro sobre como agir em caso de hipoglicemia ou hiperglicemia, mantenha sempre os açúcares rápidos e insulina no mesmo lugar, grave os números de emergência no menu de acesso rápido do seu telemóvel (e do seu filho, caso este já tenha idade suficiente para utilizar um). Saiba qual centro médico é mais próximo de sua casa, escola e centros de atividade do seu filho.

7. Estabeleça contacto com pessoas na mesma situação

Junte-se a associações ou grupos que estejam na mesma situação. Partilhar conhecimento, situações e emoções pode revelar-se uma grande ajuda.

Seguindo estas dicas com o seu filho, a adaptação e a subsequente convivência com a diabetes será, com certeza, um caminho menos atribulado.